Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

23 novembro 2015 14:37

por: Priscila Liporone

O U2 não se apresentava na capital da Irlanda do Norte, Belfast, desde a PopMart Tour. E mais: não fazia dois shows seguidos no país desde a Boy Tour (!). A ausência de 18 anos foi compensada com dois shows carregados de emoção e energia, mesmo com certo clima de apreensão no ar após o horror vivido em Paris. Tudo correu bem, com segurança reforçada na entrada da SSE Arena e os fãs aderindo em massa à campanha de usar branco. Larry também demonstrou seu apoio, vestindo uma camisa branca no primeiro show.

Alguns ajustes foram feitos na parte visual, como a homenagem a todas as vítimas da violência nas duas Irlandas, em Raised By Wolves. A imagem que traz o símbolo “paz e amor” estilizado com o formato da torre Eiffel, muito difundida nas redes sociais após os ataques em Paris, também foi utilizada, juntamente com a hashtag divulgada pelos fãs: #StrongerThanFear. Em dado momento do bis, a iluminação sobre o público formava a bandeira da França, com faixas verticais em azul, branco e vermelho.

Ao longo dos dois shows, Bono fez inúmeras referências à paz e contra o ódio, mudando algumas frases nas músicas e nas partes faladas durante as performances, que geralmente têm o mesmo conteúdo. Uma de suas frases que mais repercutiu foi: “Nós nos recusamos a odiar, porque sabemos que o amor funciona melhor”. Ele também parabenizou os esforços pela paz na Irlanda do Norte, e chegou a pedir que Belfast “ensinasse a paz para o mundo”. E não abandonou os apelos que têm feito desde o início da turnê na Europa em relação à crise dos refugiados sírios e de outras partes do Oriente Médio.

Ambas as apresentações mantiveram o repertório padrão desta leg da turnê; a primeira noite, aliás, teve o setlist idêntico ao segundo show de Paris. Veja aqui a impactante performance de Raised By Wolves no show do dia 18/11.
Na segunda noite, Bono chamou novamente ao palco o garoto mexicano Paco, que desta vez ganhou o violão de presente.
A já tradicional despedida com Bad e 40 encerrou com maestria estes dois marcantes shows na capital da Irlanda do Norte.

 

Setlists:

18/11

The Miracle (Of Joey Ramone)
The Electric Co.
Vertigo
I Will Follow
Iris (Hold Me Close)
Cedarwood Road
Song For Someone
Sunday Bloody Sunday
Raised By Wolves
Until The End Of The World / Love And Peace Or Else (snippet)
Invisible
Even Better Than The Real Thing
Mysterious Ways
Elevation
Sweetest Thing
Every Breaking Wave
October
Bullet The Blue Sky
Zooropa
Where The Streets Have No Name / California (There Is No End To Love) (snippet)
Pride (In The Name Of Love)
With Or Without You
City Of Blinding Lights
Beautiful Day
One / Invisible (snippet)

 

19/11

The Miracle (Of Joey Ramone)
Out Of Control
Vertigo
I Will Follow
Iris (Hold Me Close)
Cedarwood Road
Song For Someone
Sunday Bloody Sunday
Raised By Wolves
Until The End Of The World / Love And Peace Or Else (snippet)
Invisible
Even Better Than The Real Thing
Mysterious Ways
Desire
Angel Of Harlem
Every Breaking Wave
October
Bullet The Blue Sky
Zooropa
Where The Streets Have No Name / California (There Is No End To Love) (snippet)
Pride (In The Name Of Love)
With Or Without You
City Of Blinding Lights
Beautiful Day
Bad / 40 (snippet)
40

 

A sort of homecoming, o U2 de volta para casa: a i+e Tour entra na reta final com quatro shows em Dublin, Irlanda, que prometem ser o ápice da turnê. Em seguida, Bono e Edge terão um compromisso em Nova Iorque no dia 1º de dezembro: um show comemorativo do aniversário de 10 anos das organizações ONE e RED.

Os shows de Dublin seriam os últimos deste ano; no entanto, foi confirmado pelo site oficial que os dois shows cancelados em Paris serão realizados nos dias 6 e 7 de dezembro. Assim como a transmissão pelo canal HBO, que acontece no próprio dia 7, com algumas horas de diferença para edição e pós-produção. A nota no site diz que a banda pediu que os shows fossem reagendados o mais rápido possível, para que possam honrar seu compromisso com o público francês. Bono declarou:
“vamos dar o nosso melhor para Paris”.

Várias fontes não oficiais trazem a informação que o U2 desistiu de prosseguir com a i+e Tour em 2016 – quando eles supostamente voltariam a excursionar pela Europa, tocando em cidades grandes que ficaram de fora desta primeira leg europeia, como Roma, Madri, Lisboa, entre outras. O motivo desta mudança nos planos seria que o U2 prefere lançar o próximo álbum, Songs of Experience, primeiro. Só então reiniciariam a turnê, desta vez em estádios, incluindo a leg chamada de “resto do mundo” (fora do circuito EUA/Europa). O lançamento do álbum está previsto, em princípio, para setembro de 2016.

Estes rumores não foram confirmados oficialmente até o momento. Mas continue com a gente – postaremos todas as informações atualizadas!
E vem saber tudo sobre os shows de Dublin com a gente – fiquem de olho no nosso Twitter e Facebook!

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet