Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

16 novembro 2015 13:12

por: Priscila Liporone

Desde julho, fãs do mundo inteiro aguardavam com ansiedade os shows que o U2 realizaria em Paris, na França, em novembro. Em parceria com o canal americano HBO, as apresentações seriam filmadas e transmitidas numa espécie de “VT mixado” no sábado, 14/11, para os EUA e Canadá, e com possível lançamento em DVD posteriormente. Seria uma mistura dos dois primeiros shows, de terça e quarta-feira, com a gravação feita no sábado, horas antes da transmissão. Tudo para garantir um resultado final perfeito, ou seja, com uma boa margem de segurança para corrigir eventuais erros ou problemas técnicos.

Na véspera do que seria o grande dia, no entanto, a cidade de Paris foi palco de momentos de horror, com atentados terroristas em cinco locais diferentes, sendo o pior deles na casa de shows Bataclan, onde a banda americana Eagles of Death Metal fazia um show para 1500 pessoas. Foram registradas 129 mortes e centenas de feridos. Dois homens bomba se explodiram próximos ao Stade de France, onde era realizada uma partida de futebol entre as seleções da casa e da Alemanha, e na qual o presidente francês, François Hollande, estava presente.

Após algumas horas de preocupação inicial quanto ao paradeiro do U2 e de toda a equipe da turnê, uma nota enviada pelas redes sociais oficiais confirmou que todos estavam bem e em segurança. A festa promovida pelo fansite U2Achtung foi interrompida logo no início, e não houve registro de nenhum ferido entre os que lá estavam. Porém, diante de tamanha desolação, não havia como a banda prosseguir com os planos – até mesmo pelo decreto de estado de emergência em todo o país e pela determinação das forças de segurança, que ordenaram a suspensão dos espetáculos públicos, temendo novos ataques. Outras bandas, como Foo Fighters e Deftones, também cancelaram os shows que fariam na França e em outros países da Europa.

Restou à banda anunciar o cancelamento dos dois shows remanescentes e a subsequente transmissão da HBO. Além de uma nota oficial em seu site, eles fizeram questão, também, de prestar homenagem às vítimas. Os quatro membros do U2 compareceram ao memorial improvisado em frente ao Bataclan, onde fizeram preces em silêncio e depositaram flores e um bilhete de condolências. Bono, em entrevista por telefone ao radialista e amigo Dave Fanning, disse que caberá à população e às autoridades francesas decidir quando o U2 poderá retornar para tocar em Paris novamente.

u2_visit_bataclan_01

Photo credit: JustJared

Photo credit: JustJared

 

Quanto aos dois primeiros shows, na AccorHotels Arena:

10/11 – noite 1

Na primeira noite foram cortadas duas músicas do setlist: a segunda música, que varia sempre entre The Electric Co., Out of Control e Gloria, e uma das músicas tocadas no palco B (geralmente Desire, Angel of Harlem, Sweetest Thing ou All I Want Is You). Com isso, este se tornou o show mais curto de toda a leg europeia, com 23 músicas no total – contra uma média de 25 das demais apresentações. Não se sabe o motivo deste corte, e provavelmente nunca saberemos; no entanto, especulações dão conta de que o primeiro show seria uma espécie de teste, e que, portanto, não precisaria ser tão completo. Já outros rumores citam que Bono estaria poupando a voz para cantar melhor nos dias seguintes.

Setlist:

The Miracle (Of Joey Ramone)
Vertigo
I Will Follow
Iris (Hold Me Close)
Cedarwood Road
Song For Someone
Sunday Bloody Sunday
Raised By Wolves / Psalm 23 (snippet)
Until The End Of The World / Love And Peace Or Else (snippet)
Invisible
Even Better Than The Real Thing
Mysterious Ways
Elevation
Every Breaking Wave
October
Bullet The Blue Sky
Zooropa
Where The Streets Have No Name / California (There Is No End To Love) (snippet)
Pride (In The Name Of Love)
With Or Without You
City Of Blinding Lights
Beautiful Day
One

 

11/11 – noite 2

No segundo show, o setlist voltou a sua estrutura normal, isto é, com 25 músicas. The Electric Co. e Sweetest Thing retornaram ao setlist, e a apresentação transcorreu normalmente até a última música, One, quando um homem invadiu o palco, sendo rapidamente retirado pelos seguranças. The Edge continuou tocando, mas Bono parou de cantar para ir até a lateral do palco e “resgatar” o homem, trazendo-o pela mão de volta ao palco e terminando sua performance sentado ao lado dele, ao pé da bateria. Cena incomum e, após os acontecimentos de dias depois, um tanto incômoda, pois, como o próprio Bono comentou em entrevista, “poderia ter sido eu ou você naquele show” (o do atentado de sexta-feira). Se esta cena, muito provavelmente, já seria cortada da edição final da HBO, agora é que não há mesmo chance de que apareça neste ou em qualquer outro lançamento da banda. Mas você pode ver no YouTube.

Setlist:

The Miracle (Of Joey Ramone)
The Electric Co.
Vertigo
I Will Follow
Iris (Hold Me Close)
Cedarwood Road
Song For Someone
Sunday Bloody Sunday
Raised By Wolves
Until The End Of The World / Love And Peace Or Else (snippet)
(Intermission – The Fly)
Invisible
Even Better Than The Real Thing
Mysterious Ways
Elevation
Sweetest Thing
Every Breaking Wave
October
Bullet The Blue Sky
Zooropa
Where The Streets Have No Name / California (There Is No End To Love) (snippet)
Pride (In The Name Of Love)
With Or Without You
City Of Blinding Lights
Beautiful Day
One / Invisible (snippet)

 

Mesmo com a proximidade a esses catastróficos eventos, a i+e Tour segue sua agenda normalmente. O próximo compromisso é em Belfast, Irlanda do Norte, que também possui episódios lamentáveis de terrorismo e violência contra civis em sua história. O U2 já era extremamente sensível ao tema, o que se reflete principalmente na performance de Raised By Wolves e nas imagens apresentadas no telão durante a música. A expectativa, porém, é que eles não se sintam acuados e sigam em frente com suas convicções e discursos antiviolência, como sempre fizeram. Os fãs também estão se mobilizando, usando no Twitter e no Facebook hashtags como #StrongerThanFear e #MusicLives, e combinando de usar bandeiras ou peças de roupa brancas nos shows de Belfast e Dublin.

A Ultraviolet se solidariza com todas as vítimas da barbárie em Paris e suas famílias, desejando que possam ser confortados. E que possamos nos unir para que um dia haja Peace On Earth.

Comentários

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet