Glen Hansard alfineta U2

Glen Hansard alfineta U2

Como todos sabem, o U2 mudou seus negócios da Irlanda para a Holanda, em 2006, para pagar menos impostos. Isso acabou gerando diversas críticas na época e até na apresentação da banda no festival Glastonbury, no ano passado, quando algumas pessoas do público levaram faixas em protesto.

O cantor irlandês Glen Hansard disse sobre esta atitude do U2: “Eu não concordo com esta filosofia.”

“Pela primeira vez na minha vida eu tenho um pouco de dinheiro. Então você começa a pensar sobre os impostos e você pensa ‘tá certo, eu estou pagando esses impostos loucos porque eu estou fazendo dinheiro.’ E você tem amigos que dizem ‘tire esse dinheiro, eu sei o que você pode fazer, vá viver naquele país ou se registre naquele lá.’”

Porém, Hansard disse que vai continuar pagando seus impostos na Irlanda: “Este país me deu educação, me fez ser quem eu sou. Eu estou indo ao mundo todo como um cara irlandês, então por que eu não pagaria meus impostos?”

Apesar da discordância nos negócios, Glen Hansard é muito amigo de Bono e os dois já fizeram algumas parceiras em shows e também no Natal, cantando nas ruas de Dublin.

Fonte: The Sun

UltraViolet-U2 no Twitter: https://twitter.com//ultravioletu2
UltraViolet-U2 no Facebook: https://www.facebook.com/UltravioletU2Brasil

5 Respostas a “Glen Hansard alfineta U2”

  1. Não acho que ele tá de tudo errado. Achei até que fosse algo mais pesado. Mas quando se tem uma grande quantidade de dinheiro, a quantidade de impostos acaba sendo absurda também.

  2. Quem esta no OLHO do furacão sabe o que esta passando…

    O U2 continua contribuindo para a IRLANDA como poucos, muito mais que muitos dos seus governantes mesmo com a sua sede (empresarialmente falando) esteja em outro PAIS.

    A Irlanda não precisa do dinheiro do U2.

  3. São duas coisas diferentes, quem não paga os impostos na Irlanda é o U2 Empresa, já os individuos Bono, Edge, Larry e Adam ainda pagam seus impostos de renda individuais na Irlanda. Ou seja eles como cidadãos Irlandeses continuam contribuindo (e muito), tem uma história antiga em que o Larry disse que por ter o mesmo nome do pai várias vezes o imposto dele teria ido errado, causando grandes problemas para o pai já que o seu imposto é gigante.
    A Irlanda é conhecida como um dos maiores impostos da Europa, e a forma que a empresa U2 achou é legal e utilizada por muitos, mesmo assim  a empresa U2 ajuda muito a Irlanda.
    E o que tem que ser lembrado é que na década de 80 os jovens não conheciam e nem tinham interesse pela Irlanda, ela tinha uma imagem velha, devido a ter referências unicamente antigas, desde Joyce a Van Morrison, o U2 resgatou ela aos Jovens.
    Na época foi o U2 que fez a Irlanda novamente ser conhecida e não o contrário, lembro que antes do U2 eu nem ligava para a Irlanda e suas tradições, e assim como eu deve ter acontecido o mesmo com vários brasileiros.

Os comentários estão encerrados.