Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

20 outubro 2014 15:57

por: Priscila Liporone

Que o U2 virou notícia no mês de setembro com a inédita ação de lançamento de Songs of Innocence nós já sabemos. Pegando este gancho, algumas das publicações mais conhecidas do mundo escolheram a banda como assunto.

Setembro

TIME
TimeA edição internacional da revista americana Time não apenas fez uma longa reportagem com o U2, como também os colocou na capa – posto já ocupado pelos irlandeses 27 anos atrás, com a icônica capa “Rock’s Hottest Ticket“. Lançado no final de setembro, o texto enfatiza a parceria do U2 com a Apple e os planos que ambos têm para futuros lançamentos, com um inovador formato que fará as pessoas voltarem a ter interesse em pagar pela música.

Sob o título “A nova missão do U2 – os quatro evangelistas querem convencer os consumidores a valorizarem a música novamente. Será que distribuir seu novo álbum de graça vai contribuir com a causa?”, as quatro páginas de matéria usam como fio condutor o lançamento de Songs of Innocence para remontar a origem e a trajetória da banda (ilustrada no rodapé das páginas com uma linha do tempo) e relacioná-la com as canções do álbum. Trata também de fé, religião, as causas humanitárias defendidas por Bono e a recente mudança de empresário. Um ensaio fotográfico foi feito especialmente para esta edição, e no site da revista estão disponíveis algumas das imagens em alta resolução.

 

Outubro

Q Magazine
20141017_capaq_pqA revista especializada em música deu a capa de outubro para o U2, dedicando cinco páginas à entrevista feita com Bono, Edge e Adam.Entre os assuntos, o polêmico lançamento de Songs of Innocence e a pergunta que todos fizemos nos últimos cinco anos: “Por que demorou tanto para esse álbum ficar pronto?”. Bono responde (à sua maneira, como já era de se esperar):
“O boato era que o U2 não fazia um disco novo há cinco anos. Mas nós fizemos. Fizemos vários. Só não os lançamos porque estávamos esperando por algo que fosse tão bom quanto a melhor coisa que já fizemos antes. Esse era o padrão. Senão, para que tentar?”
E, mais à frente, declara: “nós terminamos o álbum na terça-feira [2 de setembro de 2014]”. Ou seja, uma semana antes do lançamento. Ele prossegue: “foi uma correria. É uma coisa que sempre acontece com álbuns do U2, onde você o vê começar a entrar em foco e as decisões são tão mais fáceis de se tomar, porque você começa a entrar no cerne do trabalho, em vez de se preocupar com o que ele não é. Você fica tentando chegar à melhor versão do que ele realmente é. Os últimos quatro dias foram pauleira”.
Outro ponto alto da entrevista é quando The Edge conta que, após finalizar o álbum, eles foram a um karaokê em Malibu (EUA), onde havia um rapaz cantando Vertigo – e Bono queria arrancar o microfone das mãos dele. Edge o impediu, dizendo que a cena com certeza iria cair na internet e isso não seria bom para eles.
Por fim, Adam conta que os shows para a próxima turnê estão sendo agendados de dois em dois para cada cidade, de forma que sejam shows distintos. Ele ressalta, porém, que este é o plano, e que planos podem mudar.

 

Rolling Stone (EUA)
20141017_materiars_pqAlém de ser uma das primeiras a divulgar a resenha do novo álbum e uma entrevista exclusiva com Bono em seu site, a edição impressa de outubro da Rolling Stone americana traz uma reportagem com a banda. O texto abre com uma declaração de The Edge a respeito do trabalho da banda com o produtor Danger Mouse: “à medida que as músicas entravam em foco, não conseguíamos enxergar algumas qualidades e a ‘marca’ do nosso trabalho”. Mais à frente Bono elogia o produtor, mas conta que precisou da ajuda de Flood, Ryan Tedder e Paul Epworth, pois “é preciso uma tribo para fazer um álbum do U2. Sempre precisamos de mais mãos no volante”.
A reportagem cita, então, o lançamento de Songs of Innocence no iTunes e que outros 17 trabalhos da banda entraram para o Top 100 do serviço nos dias posteriores. E que o próximo álbum esperado, Songs of Experience, já tem cerca de dez faixas prontas. The Edge pontua: “desde o início ficou claro para nós que estávamos trabalhando em dois álbuns diferentes. A maioria das músicas não finalizadas são dignas de fazerem parte de Songs of Experience e algumas já são tão boas, senão melhores, que qualquer outra de Songs of Innocence. Ele será lançado quando estiver pronto”. Mas já ouvimos isto antes, certo?
A matéria termina com uma declaração de Bono que foi replicada por centenas de sites e veículos – sobre Songs of Innocence, “quem não quiser, que o apague”…

 

Jornal The Sun (Inglaterra)
20141017_materiathesun_pqReportagem bem intimista e recheada de curiosidades. Bono conta que considera a mãe de The Edge como a primeira “roadie” da banda, por transportar, além de eles mesmos, o equipamento da banda num Fusca. Também discorre sobre todas as bandas que influenciaram o U2 e os fizeram ter vontade de estar numa banda, como Ramones, The Supremes, Kraftwerk, David Bowie (este também exaltado por Larry), Pete Shelley dos Buzzcocks, Joy Division – e que recorrer aos álbuns desses artistas ajudou no processo criativo de Songs of Innocence.
Edge fala sobre a influência do The Clash em sua formação musical e pessoal em relação a estar em uma banda.
Eles também contam que consideram Chris Martin, do Coldplay, como um grande amigo (“é um de nossos guarda-costas”) e que foi ele quem salvou a música Every Breaking Wave de virar uma demo engavetada.

 

Novembro

Rolling Stone (EUA)
20141024_rs_outubro_pqDiferentemente do mês anterior, para a edição de novembro a Rolling Stone deu ao U2 a capa e uma reportagem de 6 mil palavras escrita pelo editor chefe da revista. O texto vem como bagagem da visita que Brian Hiatt fez à Riviera Francesa, em que conseguiu extrair boas informações e até algumas curiosidades da banda. Bono conta como aconteceu sua briga com Steve Jobs, que o fez procurar a Blackberry para patrocinar a 360 Tour. O que aconteceu com o prometido álbum Songs of Ascent e quais são os planos para a turnê de Songs of Innocence no próximo ano, entre diversas outras novidades.
Confira um trecho traduzido.

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet