Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

16 agosto 2012 16:51

por: febottini

U2 e Elvis

2 comentários
1876 visitas
Matérias

Há 35 anos morria Elvis Presley, o rei do rock. Todo amante de música e, principalmente, do estilo que Elvis ajudou a criar e inovar é fã desta lenda.

Sua contribuição à história da música não tem preço e, por isso, até hoje comove muitas pessoas como vemos as diversas manifestações de homenagem durante essa semana.

O U2, claro, foi influenciado pelo rock do Elvis Presley. Bono e Larry são os que mais assumem este papel de fã.

Bono chegou a escrever um texto na revista Rolling Stone sobre a importância do Elvis. Leia o texto na íntegra aqui.

Acho que todos lembram também de um momento do documentário ‘Rattle and Hum’, no qual o U2 gravou no Sun Studios, em Memphis, onde o Elvis e vários outros artistas fizeram suas gravações. O local é considerado o lugar de nascimento do rock and roll.

A banda também foi visitar Graceland, a casa onde Elvis morou e que se transformou praticamente em um santuário, visitado por fãs de todo o mundo. E essa foi uma das poucas vezes que vimos o Larry emocionado. O baterista que sempre prefere não aparecer muito, é mais introvertido, colocou a emoção pra fora falando sobre esse momento especial de sua vida. Ele é tão fã que colocou o nome de Aaron Elvis em seu filho mais velho.

Mas falando de música, não podemos esquecer que o U2 tem duas músicas com Elvis no título. São elas: ‘Elvis Presley and America’, do álbum The Unforgettable Fire, e ‘Elvis ate America’ do projeto paralelo Passengers.

‘Elvis Presley and America’ é uma improvisação baseada numa lenta base de apoio de ‘A Sort of Homecoming’, que leva a ênfase do álbum numa pureza do som ao seu extremo.“Foi em parte uma reação ao livro de Albert Goldman, que tentou retratar Elvis como o arquétipo idiota do rock and roll”, Bono explica, “mas o modo como ele segurava o microfone, a maneira como ele cantava no microfone, este era seu gênio. Mas o seu declínio rasgou em mim, e quando eu pegava o microfone era uma coisa completamente bizarra e eu só começava a cantar”. Bono se aproximou da música como um jazzman, deixando sua voz levar a canção e seguindo-a, improvisando a letra a medida que avançava. Bono viu isso como uma corrida árida. As ideias líricas podiam ser peneiradas e refinadas posteriormente. Mas Eno tinha outros planos. Ele estava muito mais interessado na continuidade, na performance.” Foi ainda um choque para Bono quando Eno lhe disse que o corte estava concluído. Entre os críticos que mais apoiavam a banda, Dave Marsh nos EUA e Neil McCormick do Hot Press na Irlanda odiaram a canção. Não era o que Bono estava aparentemente tentando dizer sobre Elvis que irritou, era o fato de que ‘Elvis Presley and America’ soou tão obviamente como uma obra em progresso. “Eu acho que ela faz evocar esse declínio, o estupor, o período em que, se você já viu os clipes dele, ele esquece as palavras e se atrapalha”, Bono argumentou na época. Não era um má tentativa de pós-racionalização, mas uma coisa é certa: pode ter sido um prenúncio útil para a viagem em direção ao coração do rock and roll que Rattle and Hum envolveria, mas ‘Elvis Presley and America’ nunca seria considerada um clássico do U2. (livro: Into The Heart).

Já ‘Elvis Ate America’ faz parte do álbum Passengers e foi escrita por Brian Eno, Adam, Larry, The Edge e Howie B para a trilha do filme imaginário de mesmo nome. Os vocais são do Bono, menos a voz que fala ‘Elvis’ repetidamente, que ficou por conta de Howie B.

O U2 levou também as músicas do Elvis aos palcos. Na turnê Zoo TV, temos a linda versão de ‘Can´t Help Falling In Love’ e durante a PopMart, a apresentação de ‘Suspicious Minds’. Mais uma brincadeira de Bono imitando a voz de Elvis em ‘Love Me Tender ’, durante ensaios em 2009. Vejam os vídeos abaixo:

UltraViolet-U2 no Twitter: https://twitter.com//ultravioletu2
UltraViolet-U2 no Facebook: https://www.facebook.com/UltravioletU2Brasil

Comentários

Nada mais Elvis do que Bono como “The Fly” na Zoo Tv: um mix de Jonhny Cash e Elvis, ícones rock  homenageados por nosso ícone Bono…Longa “vida” ao Rei e  também aos seus súditos…E aquele momento do Larry no “Rattle and Hum” é fodástico: impossível não se emocionar tb naquele momento…

BONO E SUA ESPOSA… EU   AMO ESSE CASAL.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet