Ex-assistente pessoal de Adam é considerada culpada

Ex-assistente pessoal de Adam é considerada culpada


Carol Hawkins, de 47 anos, foi considerada culpada por roubar 2,8 milhões de euros das contas bancárias do baixista Adam Clayton.

A ex-assistente pessoal tinha se declarado inocente das 181 acusações de crime de roubo das contas do músico, entre 2004 e 2008. Ela trabalhou pra ele por mais de 16 anos e rapidamente ganhou sua confiança e passou a ser signatária das contas.

Carol usou os cheques de duas contas do Adam para financiar um estilo de vida luxuoso. Ela chegou a ter 22 cavalos de corrida puro sangue, alugou um apartamento em Nova York, fazia compras em boutiques como Roberto Cavalli, comprou um carro Golf por 21,000 euros e também pagou viagens para os Estados Unidos e Londres para visitar seus filhos.

A menor quantia retirada por Carol foi de 2,000 euros e a maior 310,000.

O júri foi unânime e entregou o veredicto de culpada, em todos os aspectos, após cinco horas.

Carol permanecerá em liberdade e será sentenciada no dia 6 de julho.

Fora do tribunal, Adam encontrou alguns fãs depois e posou para fotos. Ele fez uma breve declaração:

“Eu agradeço os resultados de hoje e gostaria de agradecer ao júri, An Garda Siochana e a todos os envolvidos neste caso. Eu gostaria de agradecer a toda a minha família, amigos e colegas pelo apoio.”

Fonte: Irish Examiner

UltraViolet-U2 no Twitter: https://twitter.com//ultravioletu2
UltraViolet-U2 no Facebook: https://www.facebook.com/UltravioletU2Brasil

Os comentários estão encerrados.