U2 Playlist com Matt McGee do @U2.com

U2 Playlist com Matt McGee do @U2.com

A mais recente U2 Playlist divulgada pelo site official do U2 é do Matt McGee, do site http://www.atu2.com/ .

New Year´s Day – War
Eu sou louco por piano, ainda mais quando uma banda de rock usa. O fato do The Edge estar tocando simultaneamente o piano e a guitarra – e sem esforço – é de cair o queixo. Junto do baixo fantástico do Adam e o impressionante trabalho de bateria do Larry… é demais. Assista a versão do show Zoo TV em Sidney se você precisa se lembrar de como essa é uma canção maravilhosa.

Bad – The Unforgettable Fire
Minha primeira experiência em show do U2 foi na quarta fila de um show da turnê The Unforgettable Fire e ‘Bad’ rapidamente se tornou a Apresentação A quando se fala de músicas do U2 que eram boas nos discos, mas se tornam melhores ao vivo. É interessante como essa música adquiriu uma aura mística entre os fãs do U2, recentemente. Eu credito isso ao fato de o U2 ter seriamente subestimado esta canção nos shows durante as últimas turnês. Espero que isso mude nas próximas vezes. Certo, gente?

One Tree Hill – The Joshua Tree
Falando em auras místicas! Outra música que os fãs ao redor do mundo quase morreriam para ouvir num show pelo menos uma vez. E os fãs sortudos da Nova Zelândia conseguiram, não foi? (Ciúmes!). Eu amo o jeito como essa música vai surgindo devagar. Mas para mim, é mais sobre o lamento gutural de Bono no fim – o Espírito saindo, a chuva caindo. E toda a emoção com isso.

An Cat Dubh/Into The Heart – Boy
Talvez uma das músicas mais perfeitas que o U2 já criou. Sério, avance até o minuto 4:00 do seu Boy. Essa música realmente começa a decolar neste momento quando você pensa que eles estão em pleno voo. Então… o que? Eles puxam de volta. Restrição. Disciplina. Começando aos 4:40 e durante por quase dois minutos, há um interlúdio, um silêncio impressionante. A canção se rasteja no seu próprio ritmo. Eu fico impressionado pela paciência. Boy é um álbum frenético e a maioria das músicas parece como uma corrida para acabar.“An Cat Dubh/Into The Heart” só desafia a lógica.Você tem que se lembrar: os membros do U2 tinham 19 e 20 anos quando tiraram isso. Você ta brincando comigo?

One – Achtung Baby
É uma das 4 ou 5 músicas mais perfeitas já escritas. Por qualquer pessoa. E isso é tudo o que precisa ser dito.

Original Of The Species – How To Dismantle An Atomic Bomb
Há um punhado de músicas do U2 que me traz às lágrimas em qualquer circunstância e essa é uma delas. Eu acho que Bono disse que escreveu com a(s) sua(s) filha(s) na cabeça ou talvez seja a(s) filha(s) do Edge, mas eu acho que é mais como um tributo à criação surpreendente e maravilhosa que é a mulher. Alguns fãs dizem que a letra não faz sentido, mas como um cara que passou mais de 40 anos tentando entender as mulheres… bem, talvez a letra não precise fazer sentido. (Estou certo, rapazes?). A propósito, a versão ao vivo em Milão tocando no palco B da turnê Vertigo é onde é tudo pra mim.Um verdadeiro dono.

Kite – All That You Can´t Leave Behind
Esta canção foi a peça central do melhor show que eu já vi: 20 de abril de 2011 em San Jose. Foi a primeira vez que o U2 tocou esta música ao vivo e você podia senti-la vindo desde quando você andou na arena. Quando realmente aconteceu, foi como se o telhado tivesse desaparecido e o céu se abrisse. Havia magia na arena naquela noite graças a esta canção. Pelo menos por enquanto, Bono chamou este show de melhor show da sua vida e Willie Williams o chamou de “transcendental”. Eles podem agradecer a “Kite”, uma das joias menosprezadas do U2. SONHANDO COMGRIMAS EM MEUS OLHOS. Posso ir um pouco fora da batida da faixa? Este é um esforço individual do Bono (na verdade, Larry toca bateria e pandeiro também) de um CD tributo de 1997, chamado ‘The Songs of Jimmie Rodgers’. Eu tenho que incluir isso porque eu acho que é um dos melhores vocais do Bono. Há uma melancolia real na entrega. Sugiro ouvi-la com um bom par de fones de ouvido. É uma música suave, mas não deixa facilmente depois.

Please – Pop
É difícil imaginar algo roubando o show de ‘Streets’, mas esta foi a canção mais aplaudida da turnê Pop Mart. Uma versão mais pessoal de ‘Sunday Bloody Sunday’, eu acho, com Bono suplicando – no show, rezando – para os problemas acabarem. Esta é uma das melhores performances líricas e vocais de Bono, e o baixo do Adam também se destaca para mim. Eu sei que a paz foi reestabelecida, mas eu adoraria vê-la e ouvi-la de novo na estrada. Se ‘Sunday Bloody Sunday’ pôde ser reformulada para atender os eventos atuais de turnê em turnê, talvez ‘Please’ também possa.

I Still Haven´t Found What I´m Looking For – The Joshua Tree
Esta é um dos big hits do U2 tocada de forma exagerada que eu fiquei cansado… por uns 20 anos. Mas como geralmente acontece com a vida e as músicas do U2, as coisas mudam. Mais do que qualquer uma, esta música me ajudou a passar por alguns momentos difíceis nos últimos anos e agora deve fazer parte da minha playlist. Nunca se declare vencido por uma música do U2.

City Of Blinding Lights – How To Dismantle An Atomic Bomb
75.000 pessoas cantando: “Oh, You look so beautiful tonight”.Sério, como você pode bater isso? É de longe a melhor música do U2 ao vivo escrita nos anos 2000, com uma letra que me acertou em casa de várias formas diferentes. Mas o que eu realmente amo é como o Edge faz sua guitarra cantar como o Bono pede ao público, ‘Can you see the beauty inside of me?’ Escute a marca 2:32 da versão Live at Rose Bowl e você vai entender o que eu digo.

Cedars Of Lebanon – No Line On The Horizon
Eu não tenho certeza porque estou colocando esta música aqui, bem no meio de um monte de hits ao vivo. Mas, novamente, ‘Cedars Of Lebanon’ se destacaria, não importa onde eu colocaria, certo? Esta música soa tão ‘não-U2’ para mim. Talvez seja a mais-falante elocução de Bono? Talvez seja por ser uma narrativa na terceira pessoa? Eu não sei. Certamente não é a única música calma e melódica que o U2 já escreveu. A maioria das músicas finais dos seus álbuns se encaixa nesta descrição. Mas esta é a canção que eu volto no tempo e de novo do No Line On The Horizon.

Ultraviolet – Achtung Baby
Eu tinha esquecido o quanto eu a amava até que ela voltou com a turnê 360. Desde então, tem havido noite quando eu a toco em repetição, sem parar por 45 minutos enquanto eu caminho na esteira na academia. Há também noites quando eu apagarei as luzes, coloco meus fones de ouvido e assisto a versão do Live At Rose Bowl umas 6 ou 7 vezes em silêncio e admiração.De fato, ilumine meu caminho.

Where The Streets Have No Name – The Joshua Tree
Desculpa terminar com um clichê, mas eu não tenho como dizer o quanto esta música significa pra mim. Eu apenas direi: entre as turnês, esta é a música que eu mais quero ver e ouvir de novo. E quando eu penso no fato de que um dia o U2 não irá tocá-la, nada me assusta mais do que o pensamento de nunca mais ter a experiência de ‘Streets’ ao vivo de novo. Nada.
Só senti o corte de: ‘Stateless’, ‘Out Of Control’, ‘Beautiful Day’, ‘Yahweh’ e ‘Unknown Caller’.

UltraViolet-U2 no Twitter: https://twitter.com//ultravioletu2
UltraViolet-U2 no Facebook: https://www.facebook.com/UltravioletU2Brasil

Uma Resposta a “U2 Playlist com Matt McGee do @U2.com”

Os comentários estão encerrados.