Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

1 junho 2012 14:52

por: febottini

A revista Rolling Stone americana atualizou sua lista com os melhores 500 álbuns de todos os tempos.

O U2 emplacou cinco discos. Confiram!

27º – The Joshua Tree
“A América é a terra prometida para um monte de irlandeses,” disse Bono à Rolling Stone. “Eu sou em uma linha longa de irlandeses que fez esta viagem.” No quinto álbum de estúdio do U2, a banda imerge na mitologia dos Estados Unidos, enquanto Edge explora o eco poético do delay digital, afogando arpejos de sua marca numa vibração ondulada. Uma das músicas mais emocionantes é “Running To Stand Still”, uma balada sobre vício em heroína, mas para a maior parte este é um álbum que transforma as buscas espirituais e lutas políticas em edificantes músicas de estádio: Veja hits como “Where The Street Have No Name” e “I Still Haven´t Found What I´m Looking For”, um hino de rock com alma gospel.

63º – Achtung Baby
Depois de promover uma imagem pública solene por anos, o U2 se soltou em Achtung Baby, uma mistura presciente do rock elegante e Euro grooves pulsantes gravados em Berlim e Dublin com Brian Eno e Daniel Lanois. Eles já não soavam como jovens certos de suas respostas; agora eles estavam cheios de dúvidas e ânsias. “É um golpe, de uma maneira,’ disse Bono à Rolling Stone sobre o álbum em 1992. “Nós o chamamos Achtung Baby, se divertindo em todas as fotografias. Mas é provavelmente o o disco mais pesado que já fizemos”. “One” pode ser a canção mais bela deles, mas é uma balada sombria sobre um relacionamento em perigo e a luta para mantê-lo junto. No entanto, o tumulto emocional fez o U2 soar melhor do que nunca.

223º – War
O U2 estava a ponto de se tornar um dos grupos mais importantes dos anos 80 quando o terceiro álbum saiu. É o álbum mais abertamente político da banda, com músicas sobre o movimento Solidariedade da Polônia (“New Year´s Day) e a inquietação irlandesa (“Sunday Bloody Sunday”) carregada com uma guitarra explosiva e cheia de paixão.

280º – All That You Can´t Leave Behind
“Nosso melhor trabalho em nossos trinta anos,” disse Bono em 2000. O décimo álbum do U2 trouxe as coisas de volta ao essencial para lidar com a mortalidade – particularmente a balada soul-gospel “Stuk In A Moment You Can´t Get Out Of”.

417º – Boy
Muito ingênuo para o punk, muito não-irônico para o New Wave, o U2 chegou com o Boy como sonhadores altos com ambição pra suportar isso. O quarteto de Dublin ostentava a voz de arena pronta do Bono e os efeitos carregados da guitarra do Edge, como também canções-hinos como a favorita do clube “I Will Follow”.

UltraViolet-U2 no Twitter: https://twitter.com//ultravioletu2
UltraViolet-U2 no Facebook: https://www.facebook.com/UltravioletU2Brasil

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet