Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

17 agosto 2011 15:21

por: febottini

Sam O´Sullivan é técnico do U2 desde o período do álbum ‘The Joshua Tree’ e conta detalhes do equipamento utilizado por Larry na turnê 360°.

O kit do Larry se chama PHX-Phoenix. É um set Yamaha, híbrido de diferentes madeiras de diversos países e que produz um som fenomenal, como nós sabemos.

Sam diz que a Yamaha é muito gentil com eles, pois o kit do Larry é bem grande e foi projetado especialmente para ele. A configuração da bateria também é incomum, pois há um tom de 14”, um surdo de 16” para direita e outro de 16” à esquerda. Larry usa em canções como ‘With or Without You’ e ‘Pride’, virando-se para a esquerda e usando quase como um segundo bumbo.

Antigamente, os pratos ficavam numa altura mais elevada, o que dava mais trabalho. Hoje eles ficam mais pra baixo. Larry se tornou amigo de Eric Paiste e, a partir daí, usa série ‘Signature’. Elas ficam muito bonitas, tanto ao vivo, quando no estúdio.

Sam ainda conta que o som da bateria vinha recebendo ótimas críticas. E que a cada dia, a cada show era sempre um novo desafio para acertar tudo, já que os estádios tinham sido construídos para a prática de esportes e não necessariamente para shows de música. Então, era uma luta já que eles não usam nenhum amplificador para a bateria porque acham que abafa o som. É preciso cuidado com os níveis, diz Sam.

Larry ainda usa um bumbo de 24”, um tom de 14” e dois de 16”, junto de um tambor Ludwig de 14”x6.5”. Larry gosta de tambores grandes. Sam brinca dizendo que gosta de chamá-lo de “Larry Bonham”.

E ainda confessa que Larry parecer ser bem forte, mas que na verdade ele é capaz de usar somente um par de baquetas em um show, porque raramente as quebra. Apesar do ritmo dos tambores, Larry prefere usar baquetas 5A, que se encaixam harmoniosamente com o seu estilo. Dois pares de baquetas, só pra garantir.

Na turnê 360°, a bateria do Larry ficava no centro, fazendo parte do palco. Sam ficava ao lado de Larry, logo abaixo, controlando a rotação da bateria. Ele a fazia girar em determinadas músicas.

Sam diz que o público o conhece, pois ele geralmente é o último a sair do palco quando o show acaba. Apesar das pessoas não o verem, ele faz parte da equipe e isso é o mais importante para ele.

Fonte: NoticieroU2

Comentários

Cadê o comentário de nosso baterista-redator oficia, hein Guariba??? rs

É uma pena que ele não quebre várias baquetas pra jogar pra nós… heheheh

E sim, nós sabemos quem é o Sam… rs

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet