Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

14 abril 2011 09:04

por: Márcio Guariba

São Paulo, 13/04/2011

18 comentários
4439 visitas
Shows

E acabou… O último show do U2 na América do Sul aconteceu ontem em São Paulo, com trasmissão via streaming para todo o continente. Bono inclusive incentivou; “Por favor, baixem! Só não deixem nosso empresário saber…).

Vamos ao set!

  1. Space Oddity” (Intro)
  2. Even Better Than The Real Thing”
  3. I Will Follow”
  4. Get On Your Boots”
  5. Magnificent”
  6. Mysterious Ways”
  7. Elevation”
  8. Until The End Of The World” / “He’s Got The Whole World In His Hands” (Citação)
  9. I Still Haven’t Found What I’m Looking For”
  10. Pride (In The Name Of Love)”
  11. The Model” (Cover do Kraftwerk, com Seu Jorge)
  12. Beautiful Day” / “Gracias a la Vida” (Citação)
  13. Miss Saravejo”
  14. Interlúdio / “Zooropa”
  15. City Of Blinding Lights”
  16. Vertigo” / “It’s Only Rock And Roll (But I Like It)” (Citação)
  17. I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight” (Remix) / “Relax” (Citação) / “Two Tribes” (Citação)
  18. Sunday Bloody Sunday”
  19. Scarlet”
  20. Walk On” / “You’ll Never Walk Alone” (Citação)
  21. Discurso de Desmond Tutu / “One”
  22. All I Want Is You” (Citação) / “Where The Streets Have No Name” / “All You Need Is Love” (Citação)
  23. Interlúdio / “Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me”
  24. With Or Without You”
  25. Moment Of Surrender”

E foi isso. Vamos aos comentários!

O clima do estádio estava excelente. Não choveu durante todo o dia e a animação era sentida no ar. Logo de cara, a banda resolveu manter a estrutura do set list do dia 9, com “I Will Follow” na sequencia de “Even Better Than The Real Thing”, até “I Still Haven’t Found What I’m Looking For”, onde Bono começou a lutar contra a sua voz, bem desgastada. E ainda tentou unir a América do Sul, chamando Chile, Brasil e Argentina de “Três amantes”. Mais uma vez, os brasileiros vaiaram o nome do país dos Hermanos, numa atitude ridícula e pequena. Todos gostam de ir para lá fazer compras e se sentir novos ricos, pra depois os desrespeitarem. Enfim…

Bono ainda fez uma bela homenagem dizendo que muitas bandas vem para fazerem shows aqui, mas quando eles vem, nós é quem fazemos o show para eles. Bono é um gentleman mesmo…

Então, eles resolveram mesclar o set com o do segundo dia, com “Pride” e “Zooropa”, que mais uma vez foi um show á parte.

A grande surpresa programada para a noite, a parceria com Seu Jorge, foi totalmente desnecessária. Pelo menos, não escolheram nenhuma ‘brasilidade’ e fizeram uma versão banquinho e violão para “The Model”, da banda alemã Kraftwerk. Como muita gente não conhece a música (e nem a banda, um sacrilégio…), aqui vai o vídeo das duas versões;

Em “Beautiful Day”, mais uma vez Bono chamou uma fã da platéia para recitar parte da letra em português. Confesso que gostei muito mais desse tipo de agrado á ficar puxando piriguetes para dançar, principalmente em “With Or Without You”.

A estrutura do show seguiu sem surpresas, com a voz de Bono em frangalhos. Principalmente em “Miss Saravejo” e “I’ll Go Crazy If I Don’t Go Crazy Tonight”. Destaque para um cara que conseguiu invadir a passarela circular e correr por todo o percurso. Bono dizia ‘Run Boy!’. (Rss)

Antes de “Where The Streets Have No Name”, Bono puxou uma parte de “All I Want Is You”, dando esperanças a quem ainda esperava algo diferente.

Na sequencia final, idêntica ao do primeiro show de São Paulo, “With or Without You” foi carregada pelos fãs. Em “Moment Of Surrender”, Bono arrancou a interpretação do coração, gastando os últimos tons que ainda tinha.

Até o final da semana, faremos uma matéria especial sobre os três shows, com fotos exclusivas, opiniões de quem esteve lá, downloads e muito mais!

Comentários

Esse garotinho estava na minha frente acompanhado da mãe. Ele foi içado pelo Bono até a passarela e aí sairam correndo. Falei para o menino: “Vc foi sortudo.” e ele: “não foi sorte, foi Deus, foi Deus”. Ele estava eufórico e o vi cantando grande parte as músicas. Não digo todas porque estava mais preocupada em ver a banda, claaaro sorriso.
Agora, é voltar a realidade. “The dream is over, ôôô”

Ah, vc tem razão, esse negócio de vaiar a Argentina é a coisa mais tosca que já vi. Em 2006 foi do mesmo jeito, em 98 não lembro se houve alguma menção a “nuestros hermanos”.  Coisa rídiiiicula e vergonhosa.

Que gente ridícula e baixa quem vaiou para a Argetina!!
O show U2 3D foi filmado em Buenos Aires e quando o Bono citou o Brasil eles não vaiaram, eles vibraram!
Depois falam que são os argetinos que tem ego inflado: ”   Todos gostam de ir para lá fazer compras e se sentirem novos ricos, para depois  os desrespeitarem” – Concordo
Eu FUI ao show em La Plata e os Argetinos são super educados e bem receptivos com os brasileiros!

Gostem ou não a relação entre Brasil e Argetina nos blocos econômicos da América Latina é ESSENCIAL!

Pô, acabou……e que trânsito!!!!! Cacete! Perdemos o show do Muse…BAHHH…hahahaha…

E quem tinha esperanças de novidades, dançou….queria tanto BAD….

Abrax povo!

Que pena, agora eles vão embora, e agente fica aqui morrendo de saudades!Porém temos que ter acima de tudo gratidão por essa banda existir e ser tão maravilhosa.O Bono é mesmo fora de sério, como ele é amável, por isso que algumas pessoas criticam-o (inveja), porque talento muitos tem, mas carisma e caráter como o Bono, são poucos!!!

Pra mim, o único ponto negativo da passagem da banda, foi a constragedora versão de “The Model” com Seu Jorge. Foi a pior coisa da carreira do U2, em todos os tempos, junto com a música com o Wyclef Jean e o cabelo na fase “Unforgettable Fire”, rss…

Mto triste q eles vão embora… Foi td maravilhoso, mas passou tão rápido…. Alguém sabe qdo eles vão embora do Brasil? queria ir no hotel para aproveitar e vê-los até o ultimo segundo… rs
É A MELHOR BANDA DO MUNDO!!!! Desde os meus 13 anos acompanhando U2!!!!

U2…minha referência musical, de adolescência e de toda a minha vida desde os 11 anos…hoje, com 41 pude pela 1ª vez assistir a um show da Banda…estou pilhada desde sábado, não havia conseguido comprar ingresso nem virando a madrugada, até que nos minutos finais da prorrogação, do nada, “caíram” dois ingressos para a show do dia 10/04…era um sonho, um misto de tudo aconteceu dentro de mim, eu chorava e ria ao mesmo tempo, minha filha de 14 anos ficou emocionada com minha euforia e alegria…são 30 anos de uma admiração completa por esses 4 caras excepcionais, enfim, a espera valeu a pena…e assim como são nossos Preferidos…tenho certeza que tbém somos os preferidos deles, então, até a volta…e que seja breve, muito breve…

Aqui vai meu ponto de vista rapidinho

Pontos altos:
1. Fiquei no melhor lugar, na grade externa da passarela, bem no meio. Bono cantou (ou tentou) SBS na minha frente, Adam tocou uns minutinhos de Crazy na minha frente, Edge tocou um pouquinho pro lado mas bem perto tb, sensacional! Saí destruída, mas valeu a pena!!
2. O Dallas me deu uma palheta!! http://twitpic.com/4kq4fi
3. Zooropa!!!

Pontos baixos:
1. Voz do Bono tava uma merda, pior versão de BD e de Miss Sarajevo que já ouvi, foi triste! Triste que justo esse show tenha sido transmitido ao vivo, o Bono parecia estar mesmo de ressaca, lamentável…
2. Não tocaram Bad triste Mas depois fiquei pensando que se for pra ouvir Bad com a voz do Bono do jeito que tava melhor não ouvir mesmo…
3. O Seu Jorge até foi legal, mas podia ter escolhido outra música mais conhecida.. e a música antes de Space Oddity tinha que ter sido uma brasileira tb..

Fiquei decepcionada com o Bono, eu sei que deve ser difícil ser ele, muita pressão e tals, mas ele tb enfia o pé na jaca e depois a gente que tem que ficar passando vergonha por ele.. eu senti vergonha por ele em Miss Sarajevo e tive a impressão de que o resto da banda tb…

puta, esqueci de comentar, coitado do Edge nessa hora do Seu Jorge cara… puuutz, tb senti vergonha por ele.. obviamente quem ia levar a música era Seu Jorge e não ele e o Bono o coloca nessa posição constrangedora… foda!

O Bono é gênio. Mas todo gênio, quando percebe que é gênio, exagera… Seu Jorge, fazendo versão Bossa Nova de Kraftwerk, acústico, na maior turnê da história é um erro, só isso. Não existe no Brasil um único artista que pode sequer abrir os show do U2, quanto mais dividir o palco com eles. 

Isso é que é contradição; No mesmo show que eles recuperam o senso artístico com “Zooropa”, queimam o filme com o Seu Jorge…

Viva Bono!

Eu Matei minha vontade também, assim como a Ana Lucia. Com 43 anos , foi ótimo. Os pontos negativos.

1- Seu Jorge? o que foi aquilo? Foi pior que o MUSE .
2- Meu filho de 11 anos e 6 meses ficou de fora, acompanhado dos Pais não conseguiu entrar. Regras , eu sei . Mas não faz sentido “12 a 13 anos acompanhados de Responsavel e 14 anos desacompanhados” . Não é um jogo de Futebol , todos ali torciam para a mesma equipe , que rivalidade existia, que perigo existia? 

Mas tenho fé que na próxima estaremos juntos.

valeu

Concordo como q falaram em relação a vaia à Argentina. Totalmente ridículo!!!!! Hj mesmo estava conversando com colegas a respeito dessa rivalidade boba e infantil. Brasileiro não tem moral pra vaiar ninguem!!!!!

Cara o bono meteu o pé na jaca mesmo, o que fico p#@*to é que ele teve dois dias entre o show de Domingo e quarta e faz isto justo na terça de madruga, para que se reunir com politico nestes dias, curte a vida e fica inteiro para o show…hahaha.
Alias quando convidaram o seu Jorge já deviar tar meio cuzido, nada a ver  atal “parceria”, escolheram mal a musica.
Já quanto a voz até que foi passavel (em 98 sem beber tava pior), o que fiquei decepcionado foi com setlist, pô não tocou Bad, Mercy, Glastonbury, New Years Day, Stay sei lá qualquer coisa para substituir o que já foi tocado.
Até parei de ouvir antes do encerramento, já sabia como ia acabar.
Mas a passagem deles em geral no Brasil foi ótima, muito mais solta que em 2006, até demais…que é aquilo com o Ronaldo.

Foi muito legal a parte do menininho,se eu fosse ele faria o mesmo,com a diferença de que correria até os integrantes da banda.Sobre a questão da Argentina você foi muito infeliz no comentario,assim como em 2006 ele falou para provocar amigavelmente ele sabe da rivalidade futebolística entre os 2 países  e ja que ele falou varias vezes no show sobre futebol nada mais normal  e mesmo os que vaiaram sabiam muito bem disso.

O U23D foi filmado em Brasil,Argentina,Chile e México e eles pegaram justamente “Where the streets have no name”  filmada no Brasil com a Argentina sendo vaiada,porque ficou engraçado.

Sobre Seu Jorge foi totalmente aceitavel,eles tentaram fazer em São Paulo o show mais Paulistano possivel,tem musica mais paulistana doque TREM DAS ONZE rsrs eles estavam agradando,elogiando e nesse clima porque não um som de banquinho com Violão tipico da noite de São Paulo?Não teria como Bono cantar em portugues,logo escolheram The Model no estilo e para ter como a platéia fazer o coro,segundo fontes a banda pediu uma lista de artistas e musicas  bem brasileiras e ficaram encantados com a historia do Seu Jorge e esse acabou sendo o principal motivo para o convite,eles não chamariam alguem apenas para ganhar fama nas costas deles.

Em relação a tudo isso,acho que a turma deveria abrir um pouco a mente,sair do proprio mundinho de panelinha de filosofias feitas de fã clube e perceber que tudo foi clima de festa, a banda estava fazendo o possivel para climatizar e agradar,o publico em geral se agradou,mas é incrivel como que quem mais deveria se agradar que são  os “maiores fãs” são os que mais implicam com tudo.

Bem, na verdade eu nã me implico com tudo que o U2 faz, até acho que como fã deixamos muitas coisas passarem, mas temos que ter senso critico de vez em quando (se até eles tem e por isto não tocam nada do POP porque eu não podemos ter?).
Já sobre a questão de ambientar por ser São Paulo, acho um erro, não sou de SP, como muita gente que foi então isto não diz muita coisa, tem que se pensar de forma mais global.
Já sobre o “dueto”, volto a dizer que escolheram a musica errada (não o cantor convidado), na Argentina e na Africa por exemplo ficou emocionante (e isto que não sou africano ou argentino).
No Brasil ficou aceitável se dermos um desconto ( pela intenção), mas se tirarmos o “dueto” (pela musica), não faria muita falta ao show (ao contrário dos já citados Argentina e Africa).
O U2 é com certeza a maior e melhor banda em atividade, mas não os livra de alguns escorregões, e depois do excelente segundo show fiquei esperando novidades no 3º (que foi muito bom também), mas que com uma inclusão de uma Bad ou Mercy seria absurdamente fantastico como foi o 2º com a inclusão de Zooropa pela 1ª vez full band.
Se esperamos tanto deles, é porque eles nos acostumaram mal.

Um show ‘paulistano’ com Seu Jorge?

Seu Jorge no show do U2 = Erro. Só isso.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/902852-forte-gripe-quase-levou-bono-a-hospital-antes-de-show-em-sp.shtml

Ok, perdôo o Bono pela voz… mas se ele tivesse quetado o facho TALVEZ não teria ficado doente… quer tudo de uma vez dá nisso, a avó dele não o ensinou isso???

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet