Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

24 novembro 2007 13:03

por: followerU2

Fonte: Grande FM

O líder da campanha humanitária African AIDS Action, Jobs Selasie, fez críticas aos cantores Bob Geldof e Bono, do U2, alegando que eles aumetaram os problemas da África com campanhas como Band Aid, Live Aid e Live 8. Selasie declara que os projetos feitos pelos músicos incentivam a corrupção e a dependência do continente africano ao exterior. “A ajuda falhou porque quem produz as campanhas, as organizações e os governos, não têm um plano correto e excluem os empresários africanos e as instituições cívicas da solução”, afirmou ele segundo o site Blitz. O projeto Band Aid reuniu vários grandes nomes da música com o objetivo de arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia usando “a arte e a cultura para aliviar uma ferida dolorosa”, como afirmou o próprio Gelfolf.

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet