Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

25 fevereiro 2006 04:51

por: followerU2

Fonte: Folha Online

No terceiro dia em que passa o Carnaval na Bahia, Bono elogiou nesta sexta-feira Ivete Sangalo e evitou falar sobre a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para ele, os políticos brasileiros têm feito, historicamente, um trabalho ruim no Brasil e seria necessária uma combinação de forças entre a esquerda e a direita para solucionar os problemas e melhorar a situação das pessoas carentes.

Bono falou nesta sexta com a Folha no jardim da casa onde está hospedado, no litoral norte de Salvador, após dar uma entrevista coletiva à imprensa e autógrafos para fãs.

Bono passa o Carnaval na cidade a convite do ministro da Cultura, Gilberto Gil. Antes de conceder a entrevista exclusiva, Bono disse a jornalistas que tem vontade de voltar todos os anos para Salvador e descreveu o Carnaval como um “tsunami”, uma “concentração de alegria”.

Parecia que Deus estava sorrindo.” Ele disse que irá aconselhar as pessoas na Irlanda, na Inglaterra e em Nova York a passar o Carnaval em Salvador. O único defeito apontado por Bono: a cidade é muito quente. Leia entrevista:

Folha – Você é conhecido por fazer a defesa de pessoas e países pobres. Como avalia a situação atual do Brasil?

Bono – [ O Brasil] é um país rico, fértil e magnífico. Nós vemos o céu ensolarado, e as nuvens negras sempre parecem seguir os pobres por todo o lado. Eu acho que os políticos deveriam fazer um melhor trabalho com o clima [risos].

Folha – Em sua opinião, seria positivo para o país a reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva?

Bono – Quando eu era mais jovem, tinha um forte ponto de vista político. Mas, agora, eu trabalho para os pobres, guardo minhas posições políticas só para mim. Então, eu não apóio publicamente nenhum partido político, de direita ou esquerda. Mas eu digo o seguinte: será necessária uma combinação entre direita e esquerda para resolver os problemas no Brasil. Precisamos de mais habilidades nos negócios, mais empreendedorismo e sensibilidade para as necessidades das pessoas.

Folha – Você está estressado com tamanho assédio dos fãs e da imprensa no Brasil?

Bono – Às vezes pode ser estressante. Mas, ontem [quinta-feira], dissemos para todos que estavam aqui que, se fossem embora, nós falaríamos com eles hoje [sexta-feira]. E eles literalmente mantiveram a palavra. Eu subi e pensei: ‘Não seja ridículo, eles vão voltar’. Mas eles foram ótimos. Isso foi muito impressionante. São pessoas honestas, cumpriram nosso trato.

Folha – Como foi cantar com Ivete Sangalo para milhares de pessoas ontem [quinta-feira]?

Bono – Ivete é uma das minhas cantoras preferidas agora, e eu só a descobri nesta semana. Eu penso que ela é uma grande estrela e deveria ser uma grande estrela no mundo todo. Ela tem uma combinação interessante entre carisma e QI. Essa é uma grande combinação: corpo, mente e alma. Quando temos esses três juntos, com ritmo, essa é Ivete.

Quais são os próximos planos de vocês no Brasil?

Bono – Esse é só o começo de algumas explorações [no país]. Essa é apenas uma visita pequena. Eu acho que temos que voltar, quando ninguém souber que estamos aqui, para passear.

Fonte: Folha

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet