Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

9 fevereiro 2006 08:10

por: Mirrorball

Fonte: Último Segundo

LOS ANGELES (Reuters) – Os roqueiros irlandeses do U2 deram um tempo na sua missão de salvar o planeta para aproveitar as glórias do prêmio Grammy na quarta-feira, enquanto Mariah Carey sofreu um revés ao final do ano que marcou sua volta ao cenário musical.

O U2 ganhou nas cinco categorias em que concorria, incluindo Álbum e Canção do Ano. Com 22 anos de carreira, a banda ocupa a sexta posição da lista de maiores vencedores do Grammy de todos os tempos.

O triunfo do U2, junto com a vitória do Green Day na categoria Gravação do Ano, deu um tom de rock’n’roll à maior noite da indústria da música, mesmo que artistas de pop e de R&B continuem a dominar as paradas.

Foi a primeira vez desde 2001 que artistas de rock ficaram com os três prêmios mais importantes do ano.

Questionado nos bastidores se sua banda agora era a melhor do mundo, o guitarrista do U2, The Edge, respondeu: “Somos hoje à noite”.

O cantor Bono, segurando uma taça de vinho branco, acrescentou: “Você não pode me pedir para ser humilde em um momento como este”.

Ele destacou que o álbum “How to Dismantle and Atomic Bomb” foi premiado com oito Grammys, incluindo os três do ano passado, e lembrou que a banda havia perdido duas vezes na categoria de álbum do ano. O U2 ganhou nessa categoria em 1988, com o disco “The Joshua Tree”.

Em Canção do Ano, o vencedor foi “Sometimes You Can’t Make It On Your Own”, também marcando a segunda vitória da banda nessa categoria, após o Grammy em 2001 por “Beautiful Day”.

NOITE TRISTE PARA MARIAH

The Emancipation of Mimi”, álbum que marcou a volta de Mariah Carey, foi o maior lançamento nos Estados Unidos no ano passado, vendendo até o momento mais de 5,2 milhões de cópias. O trabalho recebeu três estatuetas, mas a cantora não teve a chance de agradecer a ninguém, já que todos os prêmios foram anunciados durante a parte não televisionada do show.

Ela era a única pessoa indicada nas três categorias principais: álbum, canção e gravação do ano.

O trio de punk rock Green Day foi a surpresa da noite, com o prêmio de Gravação do Ano para “Boulevard of Broken Dreams”, faixa do álbum “American Idiot”,do ano passado.

Carey ficou com os Grammys para Melhor Cantora de R&B, Canção de R&B (ambos para “We Belong Together”) e álbum de R&B contemporâneo. Antes deste ano, ela havia ganhado apenas dois Grammys, incluindo o de melhor artista revelação, ambos em 1991.

O rapper Kanye West ficou com três prêmios no gênero. O bluesman John Legend ganhou o Grammy de Artista Revelação, como era esperado, além de dois prêmios de R&B.

How to Dismantle an Atomic Bomb” do U2 também foi escolhido o melhor álbum de rock. Além disso, a banda também venceu nas categorias Melhor Grupo ou Dupla de Rock (“Sometimes You Can’t Make it on your Own”) e Canção de Rock (“City of Blinding Lights”).

Paul McCartney foi um dos vários indicados que voltaram para casa de mãos vazias. Ele recebeu três indicações. Entre os outros perdedores estavam o rapper 50 Cent, que tinha seis indicações, Alicia Keys e Gwen Stefani.

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet