Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

12 janeiro 2005 10:19

por: followerU2

Fonte: Folha Online

O holandês Anton Corbijn, um dos maiores fotógrafos dos últimos 25 anos de rock, acaba de lançar o livro “U2 & I” (U2 & Eu), no qual 22 anos de história de banda são revelados em suas nuances pública e privada.O nome da obra insinua uma parte importante do conteúdo do livro. “U2 & Eu” aproveita o trocadilho do próprio nome da banda —U2 é um anagrama para “you too”, que significa “você também” em inglês— para dizer que o livro é também um registro da relação da banda com o fotógrafo. Corbijn conheceu os integrantes do U2 em 1982, em Nova Orleans (EUA), desde então, tornou-se seu principal fotógrafo e capista. É dessa época a foto mais antiga do livro. A mais recente retrata o grupo em Lisboa em 2004, durante a turnê de “How To Dismantle An Atomic Bomb”, o novo álbum do U2. Entre as duas fotos, há quase 400 outras imagens que ilustram a amizade entre Bono, The Edge, Adam Clayton, Larry Mullen e Corbijn, bem como a evolução da banda e de Corbijn como fotógrafo. O U2 foi formado em 1976 em Dublin, Irlanda. O livro é aberto com um bate-papo entre Corbijn e Bono e as páginas estão cheias de legendas e memórias manuscritas pelo fotógrafo, que é considerado por especialistas em música como um dos principais responsáveis pela formação da imagem do U2. Entre as capas de disco do U2 assinadas por Corbijn estão “The Joshua Tree”, “Rattle & Hum”, “Achtung Baby”, “Pop” e “All That You Can’t Leave Behind” e “How To Dismantle An Atomic Bomb”. Pelas lentes de Corbijn já passaram outras lendas do rock, como os Rolling Stones e o REM.

Há um casamento entre Anton Corbijn e os cavalheiros do U2”, reflete Michael Stipe, vocalista do REM. “Um casamento do qual freqüentemente eu me pego com ciúme. Há uma conexão entre o olho dele [Corbijn] e o cérebro coletivo deles [U2], entre a completa falta de medo deles e o cérebro dele. É uma dança impressionante de se ver, com uma trilha sonora para combinar”, completa. Além de ilustrar dezenas capas de disco, fotos de Corbijn podem ser vistas nas páginas de revistas como Vogue, Vanity Fair, Rolling Stone e Mojo.

Nota: A Folha publicou em 13/01 a seguinte retificação da matéria:

Diferentemente do publicado na matéria “Livro mostra 22 anos de U2 pela lente Anton Corbijn” (11/01/2005 – 21h03), a mais recente foto da banda publicada no livro “U2 & I” não foi tirada durante a turnê do novo álbum, “How To Dismantle An Atomic Bomb”. Essa turnê ainda não foi lançada, mas a imagem retrata o grupo na ocasião de um show em Lisboa, em 2004, e faz parte da mesma seqüência de fotos de onde saiu a foto da capa desse disco.

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet