Music can change the world because it can change people.

Bono

ULTRAVIOLET-U2 Brasil

você está em
Notícias

Voltar
lista de notícias

13 novembro 2004 00:01

por: followerU2

Pesadelo da pirataria atormenta o U2

0 comentários
511 visitas
Geral

Nota do site Rockwave:

Tudo bem, o novo disco do U2 leva o nome de “Como Desarmar Uma Bomba Atômica” (“How To Dismantle An Atomic Bomb”), mas a bomba que eles será que dá pra impedir a explosão da pirataria digital? Na semana passada, cópias piratas das músicas novas inundaram a internet, duas antes de seu lançamento oficial o que deixou o empresário da banda, Paul McGuiness com a orelha esquerda vermelha de tanto falar com os executivos das gravadoras pelo telefone. A data oficial do lançamento era – e até segunda ordem continua sendo – dia 23 de novembro. Entretanto, os representantes da banda consideraram adiantar o lançamento, o que não seria um estratagema inédito, já que Eminem e Snoop Dogg, recentemente, abriram mão desta mesma solução diante de um problema perfeitamente igual. O caso é que o disco de Eminem, “Encore”, teve seu lançamento adiantado em apenas 4 dias e o de Snoop Dogg chegou só uma semana mais cedo. Mais ainda: se você for procurar músicas desses dois discos em programas de compartilhamento de arquivos musicas como o SoulSeek ou o Kazaa, vai perceber que não é assim tão fácil encontrar, mesmo que ambos já tenham lançado os primeiros singles de seus discos. Com o U2, acontece o contrário. Além do single “Vertigo”, que aparece mais que umbigo em praia, duas outras músicas também podem ser facilmente encontradas: “City of Blinding Lights” e “Miracle Drug”.

No começo deste ano, a banda informou que uma cópia não-finalizada de “How To Dismantle An Atomic Bomb”, havia sido roubada durante uma sessão de fotos na França e, desde então, todo fã do U2 andou fuçando na internet religiosamente toda semana para ver se encontrava alguma coisa. Agora, encontrou. A banda chegou a admitir, na época, que lançaria o disco imediatamente caso ele vazasse para a internet, porque isso poderia comprometer todo o esquema de marketing milionário que eles haviam bolado. Tudo bem…Imagina o seguinte quadro:

1) a banda anuncia que o disco foi roubado – e ele não foi.

2) A banda diz que, se ele vazar na internet, a gente põe pra vender- e ele não vaza e, quando vaza, é mais fácil achar uma ou outra música e não o disco todo.

3) O single “Vertigo”, por exemplo, aparece em vários sites de fãs pouco antes de seu lançamento oficial e se espalha rapidamente pela web e, hoje, não tem um único fã do U2 que já não tenha visto o clipe ou ouvido/baixado a música.

4) As poucas pessoas que dizem ter baixado o disco todo, só dizem isso na imprensa e declaram que é o melhor disco da banda desde “Joshua Tree”.

5) Os fãs, que baixaram só algumas músicas não sabem se essas músicas são as versões definitivas ou se são daquele dito disco roubado na França, já que a nem a gravadora nem a banda fala nada a esse respeito.

6) Na dúvida… não seria melhor comprar o disco oficial assim que ele saísse?

Seria… não?

Não seria uma surpresa caso “How To Dismantle An Atomic Bomb” se tornasse, rapidamente, o disco mais vendido da carreira da banda.

Não diz que a gente não avisou…

Comentários

Não há comentários.

Busca

Assine

Lista de Discussão

Converse com os fãs do U2 por .

Redes Sociais

Facebook Twitter Google Plus RSS

Anúncios

Coloque seu anúncio aqui.

Contribua

Se você tem alguma dica de notícia sobre o U2 que ainda não publicamos, por favor envie-nos um email. O nosso endereço é dicas@ultraviolet-u2.com.

Por favor indique a fonte da notícia e, se houver uma foto que ilustre a notícia, anexe a foto ao seu email.

Nós Apoiamos

GRAAC Conheça mais sobre o GRAAC. Assista o vídeo. Você também pode ajudar. Faça uma doação ao GRAAC.
Ultraviolet