Arquiteto diz que houve favoritismo na competição para o projeto do Dublin Dockland Studio

Arquiteto diz que houve favoritismo na competição para o projeto do Dublin Dockland Studio

Um arquiteto inglês que participou da competição para a escolha do projeto para o novo estúdio do U2, o Dublin Dockland Studio, diz que a banda mostrou favoritismo, segundo um artigo do “Belfast Telegraph”.

Foram recebidos mais de 500 projetos para o que virá a ser o prédio mais alto de Dublin.

Mas um participante reclamou formalmente que um dos arquitetos mais conhecidos do mundo, Frank Gehry, foi favorecido quando os membros do U2 visitaram seu estúdio na Califórnia recentemente. As regras dizem que um projeto pode ser desqualificado se o participante revela sua identidade ou tenta influenciar o júri, do qual faz parte Adam Clayton.

A acusação foi negada pela banda, Gehry e os encarregados da competição, que dizem que a amizade entre Bono e Gehry não vai influenciar os jurados na escolha do vencedor já que nem Bono nem The Edge têm qualquer participação na competição.

Houve reclamações anteriores de que competição não foi divulgada o suficiente, o que fez com que muitos arquitetos perdessem o prazo de entrega dos projetos.

Os comentários estão encerrados.